http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/11/banner.jpg http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/11/banner.jpg
http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider021.jpg http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider021.jpg
http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider011.jpg http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider011.jpg
16 de julho de 2015
/ / /
Comments Closed

IMG_5170 A Comissão de Participação Juvenil e Mobilização Social do Fórum Permanente do Sistema de Atendimento Socioeducativo de Belo Horizonte organizou dois diálogos sobre a redução da maioridade penal com adolescente em cumprimento de Medidas Socioeducativas. Tais atividades aconteceram por solicitação de um adolescente que participa dessa comissão e apresentou interesse em entender a proposta que está em tramitação no congresso e também de compartilhar esse entendimento com outros jovens que estão no socioeducativo. A comissão entendeu que era essencial fazer essa discussão com eles, para que tenham condições de responder/posicionar em relação a intervenção que está sendo proposta, da qual eles são sujeitos diretamente impactados.

Para desenvolver esse diálogo com metodologias participativas, a comissão convidou o Fórum das Juventudes da Grande BH – articulação da sociedade civil que defende os direitos da juventude e o Movimento Minas Diz Não à Redução da Maioridade Penal, que vem discutindo a questão em vários espaços. As propostas foram construídas com representantes da SUASE e da GECMES, que acompanham a execução das medidas de meio fechado e meio aberto respectivamente, representantes da Promotoria de Justiça e da Oficina de Imagens, organização da sociedade civil que atua há 17 anos pelos direitos da criança e do adolescente, e participam da comissão.

O primeiro encontro aconteceu no dia 11 de junho de 2015, no Plug Minas. Estavam presentes cerca de 50 pessoas, sendo: jovens e agentes das unidades de internação e semiliberdade, um jovem e uma técnica do Programa Se Liga, jovens inscritos em projetos do Plug Minas, membros da comissão, do Fórum das Juventudes e do Movimento Minas Diz Não à Redução. A discussão foi muito rica, com trocas de argumentações a partir de vivências variadas e apontamentos pelos jovens de possibilidades diversas de atuação das políticas públicas. Essa semana será realizado mais um encontro, incluindo os adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de meio aberto.