http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/11/banner.jpg http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/11/banner.jpg
http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider021.jpg http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider021.jpg
http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider011.jpg http://simasebh.org/wp-content/uploads/2016/08/slider011.jpg
6 de outubro de 2016
/ / /
Comments Closed

O evento “Conversas com a Socioeducação: Pensando a Acolhida no Atendimento Socioeducativo”, que aconteceu no dia 4 de outubro de 2016, no auditório da Associação Mineira do Ministério Público (AMMP), foi realizado pela Comissão de Propostas Pedagógicas do Fórum Permanente do Sistema de Atendimento Socioeducativo de Belo Horizonte.

O evento, com início às 08h00 e término às 18h00, teve como coordenadores os professores Andréa Guerra (Professora da UFMG), Jacqueline Moreira (Professora da PUC-MG), Marcelo Ricardo Pereira (Professor da UFMG) e Cristiane Grillo (Professora da UFMG).

A dinâmica do evento deu-se por divisões de dez grupos com diferentes temáticas, sendo cinco grupos no período da manhã e os outros cinco no período da tarde. Cada grupo debatia sobre um determinado assunto e articulava, de acordo com seu tema, o que consideravam os impasses, boas práticas e proposições. Tudo o que era discutido pelo grupo, o relator anotava em uma ficha.

Os grupos do período da manhã discutiram sobre os eixos operativos, e tiveram como temáticas a Acolhida do adolescente na medida; Acolhida da família na medida; Acolhida do profissional na equipe; Acolhida da medida na comunidade e Acolhida da medida na rede de atendimento.

No período da tarde, os grupos debateram sobre os eixos de serviço, tendo como temas a Acolhida no CIA/BH (Polícia Militar/Polícia Civil/Suase/MP/VIJ/NAMSEP); Acolhida na internação provisória; Acolhida na internação por prazo indeterminado; Acolhida na semiliberdade e Acolhida nas medidas de meio aberto (LA/PSC).

No final do evento, depois que cada grupo teve duas horas para debater sobre o tema proposto, todos se reuniram no auditório. Na plenária, os relatores falaram sobre os principais pontos encontrados por cada grupo, citando quais os impasses, as boas práticas e as proposições discutidas. Para encerrar, exemplares do livro “Desafios da Socioeducação: Responsabilização e Integração Social de Adolescentes Autores de Atos Infracionais” foram distribuídos para algumas pessoas presentes no evento.

 

evento-forum