Fórum Socioeducativo busca mudar a sociedade

Fórum Socioeducativo busca mudar a sociedade

3 de junho de 2018
/ / /
Comments Closed

O Fórum é um espaço importante para a discussão, articulação e aperfeiçoamento do sistema socioeducativo, segundo Regina Helena, e age de maneira propositiva junto aos Conselhos de Direitos da Criança e Adolescente quanto à deliberação de políticas nas esferas municipais e estaduais, atentando sempre para alguns princípios básicos do atendimento socioeducativo que precisam ser respeitados, tais como: respeito aos direitos humanos, compreensão de que o adolescente é uma pessoa em situação peculiar de desenvolvimento, sujeito de direitos e responsabilidades, respeito ao devido processo legal, excepcionalidade e brevidade da medida, o princípio da completude institucional, entre outros.

Para ela, é “necessário responsabilizar as pessoas, mas também dar oportunidade para a mudança, para que vislumbrem outra forma de vida. (…) nós temos uma legislação excelente que precisa ser executada. Minas Gerais, em relação a outros estados encontra-se em uma situação melhor no atendimento socioeducativo e não sou em quem diz, são os dados. Mas ainda assim, há muito por fazer, a implementar, a melhorar, pois estamos longe do desejável e até do aceitável. (…) verificamos que estes adolescentes, bem como suas famílias, encontram-se em situação de vulnerabilidade social, pois já tiveram muitos dos seus direitos violados, são negros e geralmente moram nas periferias das grandes cidades e em morros e favelas. Esta é uma parcela invisível da população. E nós precisamos dar voz aos silenciados e visibilidade aos invisíveis em nossa sociedade. E hoje trabalho com esta população mais vulnerável em nossa sociedade. Esta foi minha escolha.”

E a escolha de Regina resultou na atual coordenadoria do Fórum, onde junta esforços ao de todos os demais integrantes, distribuídos entre todas as comissões. O trabalho das comissões é permanente e ininterrupto e entre todas as ações efetuadas no momento, Regina destaca a participação do Fórum Socioeducativo no Grupo de Trabalho instituído pelo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel e coordenado pelo Secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, para a reestruturação do Sistema Socioeducativo em Minas Gerais. O relatório já foi entregue ao governador e há propostas para a área de saúde, educação e profissionalização, convivência familiar, qualificação de profissionais, reformas das estruturas, entre outras. Como desdobramento deste trabalho há um grupo construindo uma proposta pedagógica para o trabalho socioeducativo com os adolescentes.

São ações como essa, buscando trazer alguma melhora para quem tanto precisa, que dão entusiasmo para continuar o trabalho. Trabalho esse que é tão complexo e sério, mas, ao mesmo tempo, gratificante, que é trabalhar com vidas humanas.

Estou convencida de que a maioria dos seres humanos distribui o que recebe: se são respeitados, aprendem a respeitar, se são amados, aprendem a amar, se são ignorados, aprendem a ser indiferentes em relação às outras pessoas, se são violentados nos seus direitos, aprendem a violar os direitos alheios.

Depende de cada um de nós, de nossas ações cotidianas, para termos configurada a sociedade e o mundo que estamos construindo. Mas não tenhamos ilusão: o infortúnio de uma parte de nosso povo, inevitavelmente será o nosso também, pois vivemos em grupo, em rede.”