47ª Plenária do Fórum Permanente do Atendimento Socioeducativo de Belo Horizonte

47ª Plenária do Fórum Permanente do Atendimento Socioeducativo de Belo Horizonte

28 de setembro de 2018
/ / /
Comments Closed

Foto: Eduardo Pires

No dia 25 de setembro, foi realizada, no auditório da Associação Mineira do Ministério Público (AMMP), a 47ª Plenária do Fórum Permanente do Atendimento Socioeducativo de Belo Horizonte.

Na plenária, apresentaram-se, primeiramente, a diretora de Políticas para a Juventude da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania da PBH, Paola Abreu, e depois, a diretora de Prevenção Social à Criminalidade da Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção da PBH, Márcia Alves.

Paola comentou sobre como a sua diretoria tem pensado as políticas públicas para a juventude e de como tais políticas tem procurado buscar um maior diálogo com os jovens. Sua fala chamou a atenção do Dr. Promotor Lucas Rolla, sendo convidada por ele a fazer parte da Comissão de Prevenção à Letalidade.

Em seguida e encerrando a plenária, a diretora de Prevenção Social à Criminalidade, Márcia Alves, falou sobre o trabalho que vem sendo feito pela sua diretoria para institucionalizar uma política municipal de prevenção à criminalidade, com o objetivo de evitar ou reduzir a violência, aumentando não só a sensação de segurança, mas, também, aumentando efetivamente a proteção dos indivíduos em situação de risco. Exemplos são o Programa de Prevenção ao Crime e à Violência em territórios com maiores índices de vulnerabilidade (IVJ – índice de Vulnerabilidade Juvenil) – índice desenvolvido pela prefeitura em parceria com Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública da Universidade Federal de Minas Gerais (CRISP-UFMG) – e projetos que incidem sobre os fatores de risco para a prevenção e redução da violência, como o Projeto Cenas de Uso: Casa do Encontro, voltado para mulheres em situação de rua e usuárias de álcool e drogas.

A próxima plenária já está marcada para o dia 30 de outubro, no mesmo local, o Auditório da Associação Mineira do Ministério Público – AMMG, localizado à Rua Timbiras, nº 2928, Barro Preto.